23 de junho de 2017

Os carros de boi cantaram no 17º Desfile de Carro de bois de Garopaba - SC

"Aconteceu no ultimo domingo, na 19ª Quermesse Comunitária de Garopaba, o tradicional desfile de carro de boi organizado pela secretaria de Agricultura e Pesca. São 17 anos de uma tradição que os garopabenses querem que dure para sempre. 57 carros, mais de 100 bois participaram do desfile que bateu o recorde neste ano, que contou com uma novidade, a 1° prova da baliza. No qual os participantes puderam mostrar toda a agilidade e desempenho dos animais.O público lotou a arena da festa e se encantou com a apresentação.


Segundo o Secretario Edevaldo G. da Silva Junior, o evento contou com todo o esforço da Secretaria de Agricultura e Pesca, e que a intenção do desfile é fortalecer a tradição em Garopaba. “Trouxemos mais esta idéia, a prova da baliza e a cada ano vamos aperfeiçoar mais. Agradeço a todos que saíram de suas casas e trouxeram seus animais, a Secretaria de Turismo e todos que nos ajudaram a organizar” comentou o secretário.

O Carro-de-boi foi um dos principais meios de transporte utilizados para transportar a produção das fazendas para as cidades, mas ainda é utilizado em algumas regiões do país.
Em alguns municípios, como em algumas regiões do interior brasileiro, ainda há fazendeiros que realizam mutirões de carros de bois para transportar suas produções agrícolas e também outros produtos. O som estridente característico do carro de bois, chamado de canto, lamenta ou gemido, também faz parte da nossa cultura.
O que é um carro de boi.

Dotado de uma estrutura que não possui o diferencial, suas rodas travam durante as curvas. Quando em movimento, o autêntico carro de bois emite um som estridente característico – o cantador – que anuncia a sua passagem.

Partes do carro de boi

Canga: Peça em que se prende o cabeçalho ou o camba, e que é colocada sobre o pescoço de dois bois, responsável pela transferência de energia mecânica ao cabeçalho.

Canzil: Peças em forma de estacas trabalhadas que atravessam a canga de cima para baixo em quatro pontos, de modo que o pescoço de cada boi fique entre duas dessas estacas;

Arria: Suportes que atravessam transversalmente o cabeçalho, sobre os quais se apoiam as tábuas da mesa;

Cabeçalho: A longa trave que liga o corpo do carro à canga, que se atrela aos bois;

Cantadeira: Parte do eixo que fica em contato com a parte inferior do chumaço. O contato entre eles produz o som característico do carro;

Cheda: Prancha lateral do leito do carro de bois, na qual se metem os fueiros;

Seção: Cada uma das partes fixadas por baixo das chedas, que servem para fixar, duas de cada lado do carro, cada um dos chumaços;

Fueiro: Cada uma das estacas de madeira que servem para prender a carga ao carro;

Mesa: A superfície onde se coloca a carga;

Recavem: Ou requerem, é a parte traseira da mesa.

TAM bueiro: Tira de couro cru, curtido e torcido, que serve para prender o cabeçalho ou o cambão à canga;

Brocha: Tira de couro cru, curtido e torcido, que serve para prender um canzil ao outro passando por baixo do pescoço do boi.

Roda: Feita de madeira nobre (Jacarandá), constituí de três pranchas unidas por travas de madeira (Cambota) colocadas internamente nas pranchas por furos retangulares, estas fixadas por grampos e chapas de ferro. A circunferência é coberta com chapa de aço fixada à madeira com grampos de aço cuja forma arredondada deixa um rastro característico.

Palma tora: Partes laterais do cabeçalho na parte anterior da mesa do carro de boi.

Vencedores do desfile de carro de boi 2017

1° Colocado da junta de boi mais parelha. Cipriano Gonçalves, com a parelha Negão e Gaúcho.

2° Colocado da junta de boi mais parelha. Luiz Carlos Pereira, com a parelha Barroso e Faceiro 

3° Colocado da junta de boi mais parelha. Elio Mauricio de Souza, com a parelha Bonito e Barroso 

Carro mais tradicional

1° colocado do carro mais tradicional - Jose da Silva, com a parelha Brinquedo e Mineiro 

2° colocado do carro mais tradicional - Elizandro Pereira, com a parelha Baiano e Cigano 

3° colocado do carro mais tradicional - João dos Santos, com a parelha Criado e Dourado

Vencedores da prova da Baliza, bois adultos 

1° Vilto de Araujo Cardoso - Junta Baito e Diferente 

2° Geovane Pacheco - Junta Barroso e Diamante

3° Carlos A Cardoso G - Junta Galante e Gigante 

Vencedores prova da baliza, novilhos 

1° Airton Francisco Cardoso – bois: Baito e Baiano 

2° Lauro de Ávila - bois: Baito e Baixinho

3° Aide Ferreira – bois: Valente e Paciente "*

*Informações disponível em: https://www.garopabamidia.com.br/noticias/titulo/9141/17ao-desfile-de-carro-de-bois-de-garopaba. Acesso: 23/06/17.

Acesse os links  abaixo e conheça algumas de nossas obras:
Livraria Saraiva
Livraria Amazon
Link do livro (impresso) na Livraria Amazon
Livros


Também poderá encontrá-los nos sites das principais livrarias.

Favor curtir e compartilhar!

Nenhum comentário:

Postar um comentário